Blog

Vaga professor visitante Genômica e Bioinformática

in Oportunidades 20 de novembro de 2019

Prezados(as),
O nosso programa de Pós-graduação em Genética e Biologia Molecular da UESC (nota 5 nas duas últimas avaliações e com bons indicadores na Area de Ciências Agrárias I), possui uma vaga para professor visitante na área de Genética com ênfase em Genômica e Bioinformática.

Conto com a gentileza de vocês, no sentido de divulgar o edital (http://www.uesc.br/publicacoes/editais/11.2019/186.pdf). O pesquisador selecionado deverá estabelecer contrato, com regime de trabalho de 40 horas semanais, para atuar na Área de Genética com ênfase em Genômica e Bioinformática.

Perfil
O candidato a Professor Visitante para a área de Genética, com ênfase em Genômica e Bioinformática deve ter:
a) Graduação em Agronomia, Ciências Biológicas, Ciência da Computação, Informática ou afins, com doutorado em Genética e Biologia Molecular, Bioquímica, Biologia de Sistemas, Bioinformática ou afins.
b) Experiência em análises de ômicas e bioinformática, incluindo montagem e execução dos respectivos workflows, nos temas: estatística aplicada à genômica; anotação de genes, análises transcriptômicas e proteômicas; estruturação de bancos de dados genômicos; análises metagenômicas; biologia de sistemas;
genômica populacional e quantitativa; evolução molecular de genes e genomas; e genômica aplicada ao melhoramento de plantas.
c) Conhecimentos para ministrar disciplinas relacionadas à Genômica e Bioinformática, aplicadas a diversos aspectos da genética (mendeliana e extensões, citogenética, populações, quantitativa e molecular), na graduação e Pós-graduação.
d) Publicações compatíveis para atuação como membro do corpo docente permanente do programa de Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular, após análise pelo Colegiado do curso, nos termos do da RESOLUÇÃO CONSEPE No. 40/2018 e Resolução interna que regulamenta a matéria no programa.

Acredito ser uma boa oportunidade para colocação de um egresso dos programas de pós-graduação.

Obrigado,
Carlos Priminho Pirovani